DG I

DG I – Descrição / texto

O nosso cliente queria aumentar o seu apartamento de 2 quartos e então adquiriu mais 2 apartamentos no mesmo edifício - um por cima e um ao lado - com o objectivo de os unir num só com espaços sociais e íntimos mais generosos e flexíveis. Este projecto diz respeito ao primeiro.

O apartamento do piso superior tinha uma sala com uma pequena varanda e uma arrecadação em sótão sem luz ou ventilação natural. A ligar o sótão à sala havia só uma porta e a dimensão reduzida dos vãos da varanda tornava todo o espaço sombrio e abafado. O cliente queria converter este apartamento numa suite com hammam, sala e uma pequena cozinha para poder descansar, ler ou trabalhar sem ter de descer ao espaço social principal.

Alargamos a janela da varanda, abrimos uma grande clarabóia no tecto do sótão e derrubámos a parede entre o sótão e a sala: de repente tínhamos o apartamento sombrio inundado de luz desde o amanhecer ao ocaso. Queríamos que a luz da varanda e da clarabóia chegassem a todos os espaços e por isso, em vez de compartimentarmos a suite com corredores e portas, dispusemos todos os espaços numa sequência linear, separados por filtros adequados a casa situação: vidro reflectante, vidro transparente, cortinas translúcidas e cortinas opacas. Cada espaço tem uma materialidade própria - autonivelante sintético na sala, mármore de Vila Viçosa no hammam e madeira de teca no quarto.

As condições de luz natural e artificial, bem como a própria conjugação dos filtros - abertos, fechados ou fechados e sobrepostos - influencia a sua aparência: em momentos diferentes o mesmo espaço pode ser reflectante e opaco ou luminoso e transparente, finito ou diluído nos espaços contíguos.


Maquete


Processo

Construção

Antes

Escada

Transfiguração


Ficha técnica

Data
2012 - 2013
Área Construída
97 m²
Área do Terreno
271 m²

Arquitectura
Vasco Correia e Patrícia Sousa
Colaborou
Tiago Garrido

Fotografia
Nelson Garrido