Eduardo VII

Eduardo VII – Descrição / texto

Este apartamento está no piso térreo de um edifício de habitação colectiva no limite nascente do Parque Eduardo VII em Lisboa. Estes edifícios, construídos nos anos 1930, têm acessos comuns e apartamentos com áreas excepcionalmente generosas.

A estrutura espacial do apartamento tem a marca de água do Bairro Azul: um hall de entrada aberto para um corredor central comprido com portas para todas as divisões. Apesar de ter janelas a nascente e a poente, a compartimentação interior dá ao apartamento uma atmosfera sombria e severa que queremos mudar. Abrimos várias paredes interiores para juntarmos todos os espaços sociais - hall de entrada, sala de estar, sala de jantar e cozinha. A estrutura do apartamento original deixa de ser uma barreira e passa a distinguir subtilmente as diferentes zonas sociais, agora atravessadas por luz natural e vistas.


Desenhos

Palimpsesto


Ficha técnica

Local
Lisboa
Data
2013
Área Construída
264 m²
Área do Terreno
264 m²

Arquitectura
Vasco Correia e Patrícia Sousa
Colaborou
Tiago Garrido